Sofia R.

Correção do sorriso gengival

O sorriso gengival define-se como sendo uma distância superior a 3mm entre o bordo superior da coroa do dente incisivo e o bordo do lábio. Esta alteração anatómica tem várias causas, como o envelhecimento, excesso vertical de maxila e/ou mandíbula, oclusão deficiente ou falta de lábio “branco” e tecidos moles/ósseos de suporte local. Dependendo da etiologia, o tratamento pode requerer cirurgia, tendo no entanto surgido técnicas minimamente invasivas para os casos sem indicação cirúrgica estrita.

O tratamento pode ser feito com miomodelação avançada com ácido hialurónico (caso presente) ou com toxina botulínica. A opção pela injeção de ácido hialurónico versus tratamento com toxina botulínica aporta várias vantagens, nomeadamente maior duração (8-12 meses versus 2-4 meses com toxina), resultado praticamente imediato, reversibilidade e maior previsibilidade de resultado.

Dada a sua complexidade anatómica, esta técnica deve ser apenas executada apenas por médicos com experiência na área da medicina estética facial. O presente caso foi executado pelo Dr. Diogo Semedo.

Antes e Depois

Marque já a sua consulta!

Marcar Consulta