...

Mama tuberosa

Altere o formato da mama tuberosa com uma mastopexia ou mamoplastia

O que é a mama tuberosa?

A mama tuberosa, também conhecida como mama tubular, é uma condição mamária congénita que afeta a forma e o desenvolvimento das mamas. Ela é caracterizada por um formato cónico, com uma base estreita, projeção reduzida e aréolas dilatadas.

Na Living Clinic, compreendemos o impacto que a mama tuberosa pode ter na sua imagem corporal e autoconfiança e, portanto, estamos comprometidos em oferecer-lhe a solução mais eficaz para resolver essa preocupação.

 

Como saber se tem mama tuberosa?

Se não está segura se o seu caso é um caso de mama tuberosa mas está preocupada com a aparência dos seus seios, pode consultar o cirurgião plástico da Living Clinic para realizar uma avaliação clínica, confirmar o diagnóstico e discutir opções de tratamento, se desejado.

 

Quais as causas da mama tuberosa?

Existem estudos que sugerem que a mama tuberosa se deve a uma alteração do colagénio no tecido que envolve a glândula mamária e que impede o desenvolvimento adequado da mama. Na prática, a mama tuberosa resulta da existência de um anel fibroso que faz com que os tecidos mamários se desenvolvam através desse anel, provocando assim um formato tubular.

A mama tuberosa é também uma condição hereditária, o que significa que pode ser transmitida de pais para filhos.

 

Cirurgia para mama tuberosa

 

Mastopexia

Também conhecida como lifting de mamas, a mastopexia é um procedimento cirúrgico que envolve a remoção do excesso de pele e tecido mamário, reposicionando a aréola e elevando as mamas para uma posição mais natural e rejuvenescida. No caso da mama tuberosa, é frequentemente associada a colocação de uma prótese mamária.

Mamoplastia de Aumento

Consoante o caso, é possível também fazer-se a reconstrução da mama com uma prótese mamária (mamoplastia de aumento), associando, quando necessário, a redução da pele da aréola em excesso.

 

Agende uma consulta para ouvir a recomendação do cirurgião plástico para o seu caso particular e esclarecer todas as suas dúvidas.

Estamos na Av. da Boavista, no Porto!

Não existe ainda um tratamento não cirúrgico para a mama tuberosa.

Normalmente, após a cirurgia de correção da mama tuberosa, a maior parte das mulheres consegue amamentar. No entanto, tal como em qualquer cirurgia mamária, há riscos que podem influenciar a capacidade de amamentar. Desta forma, se pondera ter filhos depois da cirurgia, deverá conversar com o cirurgião plástico da Living Clinic.

Marque já a sua consulta!

Pedido de Informação

  • Quer saber mais informações sobre este tratamento?
  • Deseja conhecer a Living Clinic?
  • Quer a opinião da nossa equipa?
  • Deseja marcar uma consulta?
Seraphinite AcceleratorOptimized by Seraphinite Accelerator
Turns on site high speed to be attractive for people and search engines.