Lifting das coxas

Rejuvenescimento das coxas

O que é o lifting das coxas ou cruroplastia?

O lifting das coxas ou cruroplastia, permite um rejuvenescimento das coxas através da excisão de pele e gordura em excesso, combatendo assim o problema da flacidez nas pernas.

 

Como é feito?

A cruroplastia é um procedimento que consiste na remoção de pele e da gordura em excesso da região das coxas. Para isso, é feita uma incisão linear ou em forma de “T” ou “L”, do lado interno da coxa, entre a virilha e o joelho. Em alguns casos, pode também ser realizada uma lipoaspiração.

 

Para quem é indicada?

Esta é uma cirurgia realizada mais frequentemente a pacientes que tiveram perdas significativas de peso. Nestes casos, a redundância de pele que por vezes se instala nas coxas é significativa, com repercussões negativas no dia-a-dia e na auto-estima da pessoa.

 

Quais os resultados esperados?

Com a cruroplastia, pretende-se obter como resultados umas coxas com um contorno mais bem definido, tonificadas, firmes, adelgaçadas e com uma pele mais lisa.

 

Quem é o cirurgião plástico responsável pelo lifting das coxas?

Na Clínica Living, o lifting das coxas é um procedimento da responsabilidade do Dr. Francisco Martins de Carvalho, especialista em Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética.

O Dr. Francisco realizou a sua licenciatura em Medicina na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e o Internato de Formação Específica em Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética decorreu no Hospital de São José (Lisboa) e no Hospital de São João (Porto).

Realizou também diversos estágios, nomedamente de Cirurgia Oncológica da Cabeça e Pescoço no Instituto Português de Oncologia – Porto e um fellowship de Cirurgia da Mão, organizado pela Sociedade Portuguesa de Cirurgia da Mão. Realizou também estágios internacionais em Cirurgia Estética, Reconstrução Mamária e Linfedema na Clínica Planas – Barcelona, no Hospital Universitário de Bruxelas e na Clínica Villa Sant’Apollonia – Bergamo, tendo contactado com referências na Cirurgia Plástica como o Dr. Jaume Masià, Dr. Moustapha Hamdi e Dr. Enrico Robotti.

Atualmente exerce a sua atividade no Hospital de São João – Porto, sendo também Docente Convidado na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

Saiba mais sobre o Dr. Francisco na sua página.

Na cruroplastia (ou lifting de coxas), as cicatrizes ficam na prega da face interna da coxa, entre a coxa e a vulva, com extensão maior ou menor para a face posterior. O seu tamanho depende da quantidade de pele retirada.

Passados três a seis meses, geralmente, como em qualquer outra cirurgia, a cicatrização estará concluída.

Nesta cirurgia, é utilizada anestesia local com sedação, não sendo por isso necessário internamento.

Como a cirurgia é realizada com anestesia local com sedação, não é necessário internamento. A paciente poderá ir para casa algum tempo após a cirurgia.

A recuperação total deste procedimento pode demorar entre 45 dias e 3 meses. Durante os três primeiros meses, está contraindicada a prática de exercício, desporto e esforços físicos.

Não, mas pode ser incomodativo e limitativo no que toca aos movimentos corporais. Nestes casos, podem sempre ser tomados analgésicos para atenuar o desconforto.

Como qualquer cirurgia, a cruroplastia envolve riscos. Algumas possíveis complicações são:

  • Infeção;
  • Hemorragia;
  • Seroma (acumulação de fluido);
  • Má cicatrização;
  • Alterações na sensibilidade da pele.

Para evitar ao máximo estas complicações, é importante cumprir todas as instruções pré e pós-operatórias, bem como comparecer nas consultas de acompanhamento.

Há situações em que o lifting de coxas está contraindicado. É o caso de pessoas com doenças imunológicas como artrite reumatoide, esclerodermia, lúpus ou com doenças clínicas consideradas graves. O paciente também não deve ter infeção ou doença dermatológica ativa na região a ser operada.

Deverá, no entanto, agendar uma consulta para esclarecer todas as suas dúvidas e certificar-se de que é um(a) candidato(a) elegível para a realização desta cirurgia.

A durabilidade dos resultados obtidos com esta cirurgia depende, em grande parte, do estilo de vida do paciente após a cirurgia. Para que o lifting de coxas tenha um efeito mais duradouro, deve praticar atividade física regularmente e manter uma dieta equilibrada.

Apesar dos resultados serem, geralmente, bastante duradouros, para além do estilo de vida, outros fatores influenciam a longevidade dos resultados, incluindo alterações naturais na elasticidade da pele ao longo do tempo, processo de envelhecimento natural, variações de peso, entre outros.

Há situações em que o lifting de coxas está contraindicado. É o caso de pessoas com doenças imunológicas como artrite reumatoide, esclerodermia, lúpus ou com doenças clínicas consideradas graves. O paciente também não deve ter infeção ou doença dermatológica ativa na região a ser operada.

Deverá, no entanto, agendar uma consulta para esclarecer todas as suas dúvidas e certificar-se de que é um(a) candidato(a) elegível para a realização desta cirurgia.

O preço do lifting de coxas varia consoante alguns fatores, pelo que é necessária uma avaliação concreta do paciente, antes da apresentação de um orçamento.

Agende uma consulta para obter um orçamento e esclarecer todas as suas dúvidas.

Marque já a sua consulta!

Pedido de Informação

  • Quer saber mais informações sobre este tratamento?
  • Deseja conhecer a Living Clinic?
  • Quer a opinião da nossa equipa?
  • Deseja marcar uma consulta?